"amar-te é jurar milhentas vezes que não caíria na tentação e acabar sempre nos teus braços, despida."

publicado por Rita às 02:11 | link do post | comentar | ver comentários (1)