Detesto o termo "falecido" no contexto de uma conversa. "Não sei quê, o falecido". As pessoas designam-se pelo nome e não pelo facto de já terem morrido ou não.

tags:
publicado por Rita às 01:22 | link do post